LocalParaíbaPolítica

Eleição do Sindsemp não termina e pleito poderá ser anulado

Cinara Marques, Redação Tribuna

Dois dias após ter havido a eleição e ainda sem resultado da chapa vencedora, a eleição para a nova diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina (Sindsemp), sertão de Pernambuco, poderá anulada. A espera dos servidores pelo fim da apuração e anúncio do resultado se arrastou desde o final da tarde desta quinta, 16.

Os números apurados, davam a dianteira do pleito para a chapa 2, da oposição, encabeçada pela professora Magda. E foi a professora Magda quem levou a informação de decisão pela anulação e explicou porque tinha concordado.

“Teve muita inexperiência, muitas urnas sem serem assinadas. Mesmo estando na frente, prefiro assinar pela anulação, e não ter que ganhei num processo irregular, até porque muitos colegas que votariam em nossa chapa, deixaram de votar”, falou a candidata em meio aos companheiros de chapa e servidores.

Os colegas de chapa e servidores que a apoiam, não estavam certos dessa decisão de Magda, e alertaram a candidata da chapa 2 que se a eleição fosse anulada, entrariam na justiça.

 

 

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar