Bastidor (Cinara Marques)Colunas

O trio ‘formou’? Primeira coletiva de imprensa mostra sintonia entre Fernando Haddad e Manuela D´Ávila, a vice de Lula

Fernando Haddad e Manuela D´Ávila, PT e PC do B, e Lula. Esse trio ‘formou’? Ao que parece, a primeira impressão é a que fica e vem sendo positiva, segundo os observadores da política. A primeira entrevista coletiva em que estiveram juntos, ocorrida nesta terça, 7, a deputada gaúcha e o ex-prefeito e ministro petista, teve boa repercussão na mídia.

Porta voz de Lula enquanto o ex-presidente estiver lutando por sua liberdade para poder fazer a campanha e disputar a eleição, o candidato a vice, por enquanto, Fernando Haddad, frisou que a união PT e PC do B é em defesa do mesmo projeto, defesa do Brasil, liderado pelo ex-presidente e candidato lançado pelo PT no sábado, 4.

“Tem muitos valores que nos unem (ele e Manuela), mas um posso frisar nesse momento. Somos pessoas desprendidas no projeto em que confiamos. Quando Manuela diz que não precisa estar na chapa para resgatar o Brasil, eu digo, também não. Assim que Lula tiver a candidatura homologada, nós vamos estender o tapete vermelho para Manuela e assim, vai ser um dia de glória, vê-la subir a rampa do Planalto ao lado do presidente Lula e governar o Brasil”.

Haddad lembrou que as duas siglas são aliados históricos, há mais de 40 anos, defendem o mesmo projeto liderado por Lula e junto com Manuela, vai rodar o Brasil, apresentando o projeto de resgate do Brasil para os brasileiros. Ele frisa que lamenta não ter havido o mesmo desprendimento de outros

PT e PC do B tem histórico de parcerias eleitorais ha 40 anos

nomes em torno do presidente, “o que é respeitável e compreensível”.

“Tenho convicção que estamos apostando no projeto certo para o próximo período. Fizemos uma convocação conjunta e vamos estar juntos no dia 15, registrando a candidatura do presidente Lula. O Brasil compreende, entende esse nosso gesto, a resiliência, em defender esse que é o maior líder político do país”, declarou Fernando Haddad.

Dia 15, será apresentado o protocolo para o registro da candidatura de Lula. Mesmo subjudice, no artigo 16, da Lei Eleitoral, mantém as prerrogativas de uma candidatura. “A partir do dia 15, o TSE, passa a ser a instância correta de dirimir dúvidas como essa. Vamos recorrer à justiça eleitoral, para aplicar o código eleitoral. A leitura é, uma candidatura subjudice, ter rigorosamente todas as prerrogativas, inclusive tv e rádio. Nós queremos o Lula, defendendo seu programa, sua candidatura”, esclareceu Haddad que avisou, caso Lula não possa participar do debate da Band, fará um debate na internet.

“E vamos ganhar em audiência”, brincou.

Palácio do Jaburu

Manuela D´Ávila ao que tudo indica, chegou chegando. Segura, firme inteligente, teve todas as resposta na ponta da língua e avisou. “Na vida real, quem vai tirar Temer do Jaburu, sou eu”, afirmou a simpática e bela, Manuela, se referindo à residência oficial da vice-presidência em Brasília. Manuela frisa que a luta é para chegar ao segundo turno.

“Vamos viajar para buscar os votos de quem quer desistir da política e voltar a pensar a política como instrumento de transformação. Foi assim que escolhi seguir há 20 anos. E o nosso compromisso, meu e de Haddad com os outros candidatos do campo de esquerda, é de respeito e de diálogo”, ressaltou a vice de Lula ou Haddad. É, pelo que se observa, esse trio parece que ‘formou’ mesmo.

 

FOTO: Ricardo Stucker/divulgação

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar