NotíciasPolítica

Servidores administrativos da Prefeitura de Petrolina ganharão nova denominação com aprovação de projeto na Câmara

Cinara Marques – Redação Tribunna

Cerca de 1200 servidores públicos municipais de Petrolina, sertão pernambucano, foram agraciados na manhã desta terça-feira, 14, com a aprovação por unanimidade, de projeto de lei de autoria do poder executivo que legalizará funções dentro do quadro efetivo da Prefeitura. As mudanças provocarão uma valorização desses servidores. Funções como Asgs, que são os auxiliares de serviços gerais, ficam extintas, passando a serem descritos na carreira de auxiliares técnico administrativo

“Hoje temos pessoas graduadas, pós-graduadas que estavam em desvio de função. Agradeço a todo o legislativo que aprovou esse projeto vindo do executivo. É um momento histórico para gente. Fui muitas vezes rotulada por defender esses servidores que carregam a Prefeitura e fazem o governo. Nós é que administramos”, assinalou Rose Cleide Soares, presidente da Associação dos Técnicos Administrativos e Operacionais da Prefeitura de Petrolina

Rose destacou ainda o papel do ex-vereador Alvorlande Cruz como um dos grandes parceiros na luta e conquista da categoria. “Alvorlande sempre esteve do nosso lado, até mesmo sem mandato. Nunca fechou a porta pra gente, desde 2016 quando formalizamos a associação”, agradeceu a presidente.

Alvorlande com servidoras que conquistaram a mudança aguardada há mais de dois anos

Feliz, Alvorlande Cruz disse que fez o que a categoria merecia. “Todos estamos de parabéns pela conquista”, comentou o secretário executivo de governo da Prefeitura de Petrolina.

Com a nova legislação, cargos como Asgs, recepcionista, merendeira, cozinheira, entre outros administrativos, agora passam a ser nomeado como auxiliar técnico administrativo. Desde 2013 que a categoria buscava a mudança.

“Fomos unidos para essa mudança que muitos chegavam a duvidar. Passamos noites sem dormir, pedindo opinião do Sindicato, apoio jurídico e graças a Deus, vencemos. Nunca faríamos nada para prejudicar o servidor”, considerou Rose Soares.

Outras funções incluídas na nova lei são: digitador, operador de microcomputador, recepcionista, todos terão as portarias de posse no serviço público modificadas para auxiliares e assistentes técnicos operacionais e administrativos da Prefeitura de Petrolina.

 

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar