EleiçõesPolítica

Paulo, Haddad e Rui Costa unem Petrolina e Juazeiro em um grande abraço no Rio São Francisco

Milhares de pessoas foram às ruas dos dois municípios em apoio às candidaturas que simbolizam a reunião das forças de esquerda do País

Redação Tribunna

Mais de 30 mil atravessaram a Ponte Presidente Dutra, saindo de Juazeiro para Petrolina

As vizinhas PetrolinaPE e Juazeiro-BA se uniram, neste domingo (23), em mais um grande ato de afirmação popular para Pernambuco seguir na frente, com Paulo  Câmara (PSB), o Brasil voltar a ser feliz, com Fernando Haddad (PT), e a Bahia na correria, com Rui Costa (PT). Em carro-aberto os governadores e o futuro presidente cruzaram a ponte que liga as duas cidades acompanhados por um “Rio São Francisco de gente”, que com muito orgulho e entusiasmo exibia as cores amarela e vermelha. O governador do Piauí, Wellington Dias, também participou do momento histórico, que reuniu mais de 30 mil pessoas e se transformou em um grande abraço no rio patrimônio dos brasileiros.

Ao longo do percurso, pernambucanos e baianos esqueceram os limites/divisas para, juntos, erguer bandeiras e entoar gritos em apoio aos avanços conquistados pelos Governos Paulo Câmara e Rui Costa. Os côros “Lula livre” e “Haddad presidente” complentavam um ambiente de esperança e muita harmonia.

“Estou muito emocionado com o que vi no Recife, ontem, e hoje aqui, em Petrolina e Juazeiro. As

Paulo recebeu o apoio e a receptividade dos petrolinenses

pessoas foram em massa às ruas para mostrar que estão ao nosso lado. Temos muita honra de fazer esses atos com Fernando Haddad, que é o candidato de Lula, e de sentir que, quando nos apoia, Lula sabe que está apoiando o povo”, destacou Paulo, completando: “Todas essas pessoas ocupando as ruas com as nossas cores mostram que a nossa vitória terá o sabor da vitória do povo”.

Em discurso em solo petrolinense, Fernando Haddad fez questão de ressaltar que o Governo Federal precisa voltar a olhar para a Região Nordeste. ” Nós viemos, mais uma vez, nos comprometer com o resgate dos programas sociais que fizeram a história da recuperação e da emancipação desse povo. E nos comprometer aqui, às margens do São Francisco, que nós não vamos parar de investir no rio. Não é só levar água para os outros Estados, é cuidar das nascentes. Se não cuidar das nascentes, o Rio vai morrer. É preciso ter consciência ambiental, educacional, continuar  oferecendo oportunidade de trabalho”, registrou.

A defesa do Rio São Francisco foi mote principal dos discursos do ato histórico

O governador da Bahia aproveitou a ocasião para lembrar aos seus conterrâneos e ao povo pernambucano que o Nordeste está muito próximo de viver um novo momento de desenvolvimento. “Vamos ter um presidente parceiro. Vamos voltar a viver os tempos de Lula. Isso vai ser muito bom para o povo da  Bahia, para o povo de Pernambuco e para todos os nordestinos”, frisou Rui Costa. “O Brasil cansou do ódio. O país quer paz, amor e mais desenvolvimento para a sua gente. Muito diferente do que estão pregando no momento”, alertou o petista.

O senador Humberto Costa (PT), a deputada federal Luciana Santos (PCdoB) – companheiros de chapa do governador Paulo Câmara – e Jaques Wagner (PT) e Ângelo Coronel (PSD) – integrantes da chapa de Rui Costa- também participaram dos atos, que contaram ainda com postulantes a deputados.

 

 

FOTOS: HÉLIA SCHEPPA-FRENTE POPULAR DE PE

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar