PernambucoPolítica

Vereadora Maria Elena faz alerta sobre ‘invasão” de nova droga em Petrolina

Cinara Marques – Portal Tribunna

Vereadora quer evitar avanço da droga

Na sessão da Câmara de Vereadores de Petrolina-PE, ocorrida nesta terça-feira, 30, a vereadora governista Maria Elena de Alencar, PRTB, voltou a alertar sobre uma possível invasão de uma nova droga na cidade. Elena já tinha levado esse assunto à Casa na semana passada.

Ela revelou que o presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara, vereador Osinaldo Souza, PTB, marcou uma reunião com o juiz da infância e juventude, Marcos Barcelar, na próxima semana e alguns vereadores como ela, estarão presentes.

“Haverá uma audiência nossa com o juiz para falar sobre a questão da droga. A verdade é que a cidade e nós precisamos saber as políticas além dos órgãos de segurança pública. O que o Batalhão, a Polícia Civil, têm feito com relação a uma droga que está circulando na cidade nas praças, nas boates, praças livres, nos encontros, nas festas privadas, o que estão fazendo no sentido de investigar quem distribui a droga nova”, assinalou a vereadora.

A vereadora reiterou que há três meses foi preso um traficante dessa nova droga com 20 comprimidos de ecstasy. Ele revelou que existia muito mais dessa droga na região.

“Esses comprimidos são passadas nessas festas privadas, nas festa de largos; nesses espaços, praças livre. Será que esse traficante já estar solto Comissão de Direitos Humanos?”, questionou Elena.

“Temos que acompanhar casos como esse, os órgãos de segurança pública. Não adianta só prender depois do crime estar feito. Tem que usar o serviço de inteligência para evitar que essa droga entre na cidade. Fazemos esse apelo para dialogar com esses órgãos e saber se estar havendo uma epidemia desses comprimidos em nossa cidade”, acrescentou.

Elena conta que a droga tem um formato que lembra sedução, como se fosse uma bala de bombom, alguns vêm em formato de coração.

“É uma pílula, uma bala, extremamente sedutora com formato de coração como se fosse chiclete e um efeito devastador. Tem o depoimento de um amigo do meu sobrinho que diz que é como se toda a felicidade tivesse dentro dele no momento que coloca essa bala na boca. Então essa droga é um perigo, um instrumento de sedução devastador”, pontuou a vereadora Maria Elena que faz um alerta.

“Por isso os pais devem conversar com os filhos para mostrar quão nocivo é experimentar um troço desse. É uma coisa que não queremos para gente, uma alegria metamorfoseada, trazendo consequências devastadoras para o resto da vida”, alertou Maria Elena.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar