AutoNewsNegócios

Abertura da primeira AutoVale reuniu parceiros e representantes do mercado automotivo de Petrolina e região

Nas falas, foi destacado o sucesso da feira antes mesmo da abertura oficial do pavilhão de exposição do evento no Centro de Convenções Nilo Coelho, que ocorre nesta quinta, 18, a partir das 17h.

Cinara Marques, Autonews-Portal Tribunna

Agradecimentos, expectativas positivas, certeza que a AutoVale (Feira de Tecnologia Automotiva do Vale do São Francisco) veio para ficar. Foram esses os sentimentos que prevaleceram nas falas da solenidade oficial de abertura da primeira edição do evento, ocorrida nesta quinta no auditório do Senai em Petrolina, no sertão do São Francisco. A AutoVale  segue desta quinta, 18, até sábado, 20, das 17h às 22h, no pavilhão de feiras do Centro de Convenções Nilo Coelho, região central da cidade.

O coordenador geral da feira, Emanuel Luna, disse que só tinha a agradecer por a AutoVale se tornar realidade em tão pouco tempo. Ele contou que o evento nasceu ano passado quando uma caravana organizada pelo Sebrae Unidade Regional do Sertão do São Francisco, sediada em Petrolina, com o apoio da Prefeitura, levou empresários do setor automotivo local para participar da Autonor – Feira de Tecnologia Automotiva do Nordeste – que há 20 anos reúne o que há de mais atual nesse mercado.

“Foi o Sebrae que nos provocou a descentralizar a Autonor e criar a AutoVale. Sei que essa será a primeira de muitas que virão e quem está nessa primeira edição, fará parte desta bonita história que passaremos a escrever. Então a minha primeira palavra não poderia ser outra senão de agradecimento”, destacou Emanuel Luna.

O coordenador assinala que quem for à feira contará com o que há de mais atual da cadeia econômica do mundo de rodas. “Acreditamos no potencial de Petrolina que junto com Juazeiro, Bahia, forma esse potencial econômico que todos já conhecem. É  a oportunidade de fazer negócios e se reciclar”, ressaltou Luna, lembrando que a AutoVale é gratuita e que dois grandes auditórios estarão oferecendo durante todo o período da feira, cursos e palestras, atualizando os profissionais e todo o trade do segmento.

“A feira é gratuita, não paga nada para que os visitantes apreciem as novidades do mercado automotivo e os profissionais se reciclem. As principais empresas de montagem de veículos do País, mandaram seus técnicos e todos já se encontram em Petrolina para atualizar todo o segmento. Então além de negócios que temos grandes expectativas, a AutoVale vai mostrar tudo que há de mais moderno na montagem automotiva”, frisou Emanuel Luna.

Edineide Libório, gerente da Unidade Regional do Sebrae em Petrolina, avaliou que a partir da iniciativa do segmento, junto com a Fiepe e a Prefeitura, não teve como a Autonor Empreendimentos que criou e organiza a Autonor no Recife, não trazer esse conceito para o interior e criar a marca AutoVale a partir desta edição. Ela ressalta que não tem como a feira não ser sucesso.

“O objetivo é fazer negócios e gerar oportunidades de negócios. Quem for prestigiar, vai proporcionar que as próximas edições cresçam cada vez mais. Além do segmento automotivo, a AutoVale movimenta outros setores da economia como o hoteleiro, o turístico, de serviços, comércio, então é um evento que movimenta a economia local e regional como um todo”, avaliou Edineide, informando que o Sebrae adquiriu 14 estantes para que os pequenos empreendimentos do setor na região, possam marcar presença na feira.

A Prefeitura de Petrolina deu o suporte necessário para a montagem da feira e estará também com a Agência Municipal do Empreendedor (AGE), orientando e oferecendo crédito para os participantes que se interessarem em movimentar os negócios durante o evento, ajudando a despontar mais uma cadeira produtiva na região.

“A nossa expectativa são as melhores e qualquer feira que vier para cá, gera expectativa positiva antes, durante e depois. Vamos estar fazendo todo o atendimento dos empresários do município que precisem de crédito para fazerem suas aquisições de máquinas e equipamentos, ajudando a intensificar o estoque das empresas para este final de ano”, comentou Sebastião Amorim, diretor-presidente da AGE.

Representante do Sistema Fiepe na região, Flávio Guimarães, junto com Albânio Nascimento e Rafael Coelho que formam a unidade regional da Fiepe em Petrolina, atentou para a importância do evento e revelou que o estande da instituição será um atração à parte, batizado de Oficina do Futuro.

“É muito positiva essa união de instituições como Sebrae, Senai, Sesi, Sistema Fiepe, Prefeitura, empresários do setor que nos ajudaram nessa realização. Estaremos na feira com um estande muito bonito, fizemos com mimo e muita atenção, um trabalho com os amigos do Sebrae, do Sindirepa, Fiepe e Senai Petrolina e Recife, e com a Toyolex. Será com certeza uma grande atração, então nos visitem”, convidou Flávio.

Ranieri Leitão, presidente nacional do Sincopeças, frisou que a AutoVale tem tudo para permanecer e se transformar no principal evento de negócios do segmento automotivo regional.

“Em nome de José Carlos, presidente estadual do Sincopeças, cumprimento a todos os empresários que apostaram na AutoVale e participam desta que se tornará uma das principais feiras do interior do Nordeste”, assinalou Ranieri, fazendo um alerta sobre a importância da palestra de abertura que tratou da modernização do sistema de gestão e contábil das empresas.

Para José Calos Santana, que dirige o Sincopeças em Pernambuco e integra a entidade em nível nacional também, a AutoVale já nasce consolidada. “Essa feira faz parte do nosso segmento no nosso estado. O segmento de autopeças tem a importância cada vez mais no setor. Essa primeira edição será a primeira de várias com qualidade e crescimento”, frisou em sua fala.

Ainda falaram Pedro Paulo de Medeiros Moraes, presidente do Sinderapa Pernambuco e José Batista da Gama, secretário de Desenvolvimento Econômico e Agrário de Petrolina, representante do prefeito Miguel Coelho que estava em Brasília e não pode estar na abertura.

Houve ainda a participação da cantora Camila Yamine que cantou ao som da sanfona, o Hino Nacional e o hino informal local, a música de Jorge de Altinho, Petrolina-Juazeiro, clássico do forró nordestino que simboliza as duas principais cidades do vale.

E-SOCIAL

À frente da palestra oficial da noite, Michel Gean, empresário e contador integrante da Fecomércio-PE, informou que o uso da tecnologia e modernização do setor, passa também por sua área contábil e tributário.

“Falamos sobre as novidades do relacionamento entre estado e empresa e aí entra o E-Social que passou. O processo iniciou com a notificação eletrônica, sistema tributário automatizado até chegar ao E-Social que é obrigatório em sua adoção. As empresas que não se adaptarem sofrerão diversos autos de infração. Então até janeiro, toda essa transformação deverá ser feita junto aos contadores de cada empresa, para cumprir a legislação”, orientou o palestrante.

Michel fala do ponto positivo dessa nova cara tributária das empresas. “O grande papel dessa mudança, é a desburocratização dos diversos serviços  e obrigações contábeis que serão unificados, desonerando o famoso custo Brasil”, concluiu o palestrante.

AUTOVASF

Na solenidade, houve ainda a posse da primeira diretoria da Autovasf com a participação de todo a diretoria.

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar