Agricultura FamiliarTRIBUNNA Rural

Agrovale amplia doação de palhada na região

Redação Tribunna

Rose e Guilherme no momento da assinatura do termo de doação

Agora são oito os municípios atendidos pelo programa socioambiental da Agrovale, e, Juazeiro. norte da Bahia, que visa destinar 80 mil toneladas de palhada (alimento animal volumoso decorrente da produção de cana-de-açúcar) a mais de 15 mil pequenos produtores rurais baianos e pernambucanos até o final da safra de 2019.

A prefeita de Campo Formoso, Rose Menezes, assinou nesta quarta-feira (24), o termo de parceria que vai beneficiar os rebanhos caprinos, ovinos e bovinos do município, no norte da Bahia.

Campo Formoso e os outros sete municípios (Juazeiro (BA), Senhor do Bonfim (BA), Jaguarari (BA), Itiuba (BA), Sobradinho (BA), Andorinha (BA) e Petrolina, em Pernambuco) vivem atualmente sob o decreto de situação de emergência por conta da forte estiagem prolongada. Segundo Rose Menezes, a doação da

Prefeita afirma que alimento chega em boa hora para os criadores de Campo Formoso

palhada chega em um momento bastante oportuno para os criadores e associações rurais do município.

“Nossa secretaria de Agricultura vai organizar o cadastramento dos produtores estabelecendo uma ordem de entrega das doações de maneira que todos terão acesso”, adiantou a prefeita. Cada produtor será contemplado mensalmente com seis fardos de 400 quilos cada.

Durante a assinatura do termo, o diretor Financeiro e TI da Agrovale, Guilherme Colaço Filho, lembrou as propriedades nutritivas da palhada, um alimento suplementar de elevados índices produtivos e altos teores de carboidratos, e destacou a importância do projeto de responsabilidade social e ambiental da empresa.

Empresário pretende ampliar as doações

“Fizemos um considerável investimento nesse programa que começou em julho com o fornecimento da palhada para os pequenos produtores de Juazeiro. Desde então recebemos diariamente a solicitação de prefeituras e entidades de ensino e de proteção ecológica. A proposta é que possamos atender o maior número possível de produtores contribuindo para o fomento dessa importante cadeia produtiva em nossa região”, garantiu Guilherme Colaço Filho. (Com Ascom)

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar