PernambucoPolítica

Bancada da Situação aprova aumento de impostos em Petrolina

Jean Brito, Portal Tribunna

Atendendo um pedido do prefeito Miguel Coelho (PSB-PE), a mesa diretora da Câmara Municipal petrolinense colocou de última hora, durante a Reunião Plenária desta terça (30), Projeto de Lei Completar 03/2018, que altera dispositivos da Lei Complementar 017, de 27 de dezembro de 2013, que institui o novo Código Tributário do Município.

Antes do debate em torno do referido Projeto, a vereadora Cristina Costa (PT-PE), da Bancada de Oposição, ressaltou que havia recebido o documento com 20 páginas na sexta-feira (26), e como não teve tempo para ler as entrelinhas do Projeto, não sabia quais impostos sofreriam aumento pelo Poder Executivo, a partir de 2019.

Já fico até vendo que veio de última hora (vereador) Ronaldo Cancão, justamente para não dar prazo para ler, pra que a gente tome conhecimento ou passe para a população quais os impostos que estão aumentando e quais os percentuais[…]. Mas como não sou lagartixa e tampouco analfabeta de estar aprovando projeto sem ler, eu hoje não voto, e nem amanhã”, pontuou a petista que se retirou do plenário em protesto.

Assim como Cristina, os vereadores que integram a Bancada da Oposição se retiraram do plenário.

O presidente da Casa, vereador Osório Siqueira (PSB) disse que para colocar o projeto em pauta precisaria de maioria absoluta. Coube a seus assessores ligarem para o vereador Major Enfermeiro (MDB) que completou o número de 14 parlamentares presentes no plenário.

Em defesa do Governo Municipal o líder da Situação, vereador Aero Cruz (PSB) disse que tinha muito respeito a Oposição, mas que sabia da preocupação do prefeito Miguel Coelho para melhorar a arrecadação de impostos no município. “Até por que a gente precisa dar andamento na arrecadação do município. Portanto gostaria de pedir a vossa excelência que se possível colasse esse projeto em votação hoje”.

 

Após muita discussão calorosa, o projeto entrou de última hora na Pauta da Câmara e foi aprovado por 14 votos oriundos dos vereadores do Bloco da Situação.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar