BahiaCultura e TurismoLocalMercado de TrabalhoPernambuco

Vereador Charles Leal debate degradação do Rodeadouro em audiência pública na Câmara de Juazeiro/BA

Ponto turístico no Vale do São Francisco pede socorro diante da situação degradante em que se encontram, ilha e povoado do Rodeadouro.

Redação Tribunna (redacaotribunddoestado@gmail.com)

Com requerimento do vereador Charles Leal (PDT) à mesa diretora do Câmara de Vereadores de Juazeiro, norte baiano, foi realizada nesta terça-feira, 5, uma Audiência Pública tendo como proposta, discutir a situação do povoado e da Ilha do Rodeadouro que conta com um dos balneários mais conhecidos do Vale do São Francisco.

A provocação para a ocorrência da audiência pública aconteceu a pedido dos presidentes das associações de moradores, pescadores e barraqueiros que compareceram ao gabinete do vereador para “pedir socorro” devido a grandes problemas que tem afastado turistas e visitantes da Ilha e em plena a alta temporada, já que a época é de verão.

Conforme as lideranças do local, o maior problema do Rodeadouro está sendo o assoreamento do Rio São Francisco. Eles relataram que na região já estão se formando bancos de areia, impedindo que a embarcações com turistas e visitantes cheguem mais próximos à área onde ficam as barracas de comidas.

Para se chegar as barracas que comercializam bebidas e comidas, tira-gostos em geral, os barcos estacionam cerce de 1 km de distância da prainha das barracas.

Mas outros problemas foram detectados tanto no povoado, quanto na Ilha através de uma visita técnica que contou com as presenças do vereador Charles Leal; do secretário Sergio Fernandes, da Secretaria de Turismo de Juazeiro; Celso Leal da Secretaria ade Serviços Públicos, e do técnico Hudson da Secretaria de Meio Ambiente, além do empresário Ubirajara Filho, artista plástico Ledo Ivo, da gerente de turismo Patricia e dos turismólogos Jomar Benvindo e Edvaldo Franciolli.

Na Audiência, foram mostrados problemas e as prováveis soluções através de palestras e discussões com todos os presentes. Ficou para se organizar um grande evento para focar a importância da preservação e a consolidação da região do Rodeadouro como um produto turístico a ser vendido futuramente pelas agências de turismo.

Foram convidadas autoridades de vários setores da esferas municipal, estadual e federal e autoridades da empresa privada e comunidade do Rodeadouro.

Para o turismólogo Edvaldo Franciolli depois da visita técnica realizada, o povoado do Rodeadouro deve se preparar para ser consolidado como um destino turístico. “A área faz parte do município de Juazeiro-Bahia. Os municípios que compõem a região turística tem que manter uma constante articulação tanto para o fortalecimento como destinação turística como para facilitar a montagem e venda de pacotes por parte das operadoras locais”, disse o especialista na área

A Ilha do Rodeadouro que no passado já foi considerado um paraíso natural por milhares de turistas que visitaram, hoje vive um momento de decadência por falta de ordenamento e de manejo das barracas existentes e a falta de fiscalização por órgãos competentes, afirmou Francioli. Ele conta que é grande a exploração do território, cujo desmatamento das árvores nativas é assustador, provocado pela especulação mobiliária.

“Sugerimos ainda uma forte aproximação dos setores público e privado para um trabalho conjunto de estruturação, promoção e venda do destino, além da urgente intervenção do Conselho Municipal de Turismo, fórum onde se debate as políticas municipais de turismo e a implementação de programas e projetos estruturadores para o desenvolvimento da atividade turística de forma sustentável, com inclusão social e equanimidade na distribuição de emprego e renda”, considerou Franciolli.

O vereador Charles Leal ressaltou que está empenhado em fortalecer cada vez mais o turismo naquela região, destaca que, “tudo tem que ser resolvido através de encontros, reuniões da comunidade do Rodeadouro, principalmente ouvindo as associações dos moradores, dos barqueiros e barraqueiros que com o apoio das autoridades responsáveis pelo meio ambiente, pela geração de emprego e renda possam resolver com urgência todos os problemas existentes”.

Charles acrescentou que é preciso fazer urgentemente uma dragagem do leito do rio para a retirada da areia. O vereador esteve recentemente numa audiência na superintendência da Codevasf em Juazeiro que se colocou à disposição para buscar soluções para o problema nessa situação

“Toda a população de Juazeiro está convidada e da região devem levar soluções apara que juntos possamos revitalizar o Rodeadouro coma toda sua história e desenvolvimento. Um patrimônio turístico e histórico de nossa região”, concluiu Chales Leal.

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar