Agricultura FamiliarNotíciasTRIBUNNA Rural

Luta dos produtores, primeiro Centro de Comercialização de Produtos Orgânicos do NE é inaugurado em Petrolina/PE pelo prefeito Miguel Coelho

Com investimentos de mais de R$ 300 mil, recursos repassados à Prefeitura Municipal via Codevasf de Petrolina, a estrutura inédita no estado, funcionará diariamente na Areia Branca, vizinho à feira do bairro. A entrega foi feita neste domingo, 16.

Por Redação – Tribunna Rural – Portal Tribunna

Com ASCOM

Uma espera de quase cinco anos que se tornou realidade neste domingo (16) em Petrolina/PE, no sertão do São Francisco. O prefeito Miguel Coelho inaugurou o primeiro mercado público de produtos sem componentes químicos sintéticos do Nordeste (Centro de Comercialização de Produtos Orgânicos do Vale do São Francisco), o primeiro do Nordeste e que está localizado vizinho à feira livre do bairro Areia Branca, zona leste da cidade.

A conquista do espaço é fruto de uma luta de 20 anos dos produtores orgânicos do Vale do São Francisco que contou na sua concepção e criação, com o acompanhamento de técnicos da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), superintendência em Petrolina. Um desses técnicos foi o engenheiro agrônomo, Osnan Ferreira que ajudou na criação da Associação de Produtores Orgânicos que administrará o equipamento em parceria com a Prefeitura..

A obra foi executada pela Prefeitura Municipal, num investimento de R$ 314 mil, recursos da Codevasf que foram repassado à gestão do município. O novo mercado contará com 28 bancas de diversos produtos orgânicos, tais como verduras, frutas, legumes e doces. A área é totalmente coberta, com banheiros, iluminação, sala administrativa e equipamentos acessíveis para pessoas com deficiência como rampas e sanitários adaptados. Na cerimônia de entrega, o prefeito destacou aspectos econômicos e de qualidade de vida que o equipamento traz à população.

“Temos uma atenção maior por essa questão desde a época de deputado, quando fizemos um projeto para regulamentar os produtos e feiras orgânicas. Apenas Curitiba tinha um mercado público de orgânicos desse porte e essa é uma conquista que gera emprego e renda, além de uma alimentação mais saudável para todos petrolinenses”, detalhou o gestor.

Personalidades que ajudaram o sonho dos produtores orgânicos se realizar: Alzira, da associação dos produtores orgânicos: a promotora Ana Rúbia, e a vereadora Maria Elena com o assessor legislativo Afonso Lima que colocaram a Câmara à disposição dessa importante conquista para os agricultores familiares de Petrolina e região

Antes do mercado público ser inaugurado, os produtores ocuparam provisoriamente três locais na cidade, mas sem autonomia plena e sob risco de serem retirados. A abertura dessa estrutura exclusiva e fixa foi a realização de um sonho, segundo a produtora Alzira Santana. “Foi muito sacrifício e luta para chegar até aqui. Estamos muito gratos por isso se tornar uma realidade”, relatou.

O funcionamento das atividades seguirá um cronograma determinado pelo conselho gestor formado por produtores, prefeitura, CODEVASF, Univasf e Sebrae. A primeira feira está marcada para o dia 5 de julho, a partir de então, funcionará às sextas, das 16h às 20h; e aos sábados e domingos, das 7h às 12h.

 

Com fotos de Alexandre Justino e da redação

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar