Política

MPF entra com ação contra indicação de Eduardo Bolsonaro para embaixada dos EUA

O Ministério Público Federal no Distrito Federal (MPF-DF) entrou,  nesta segunda-feira (12/8), com uma ação civil pública em caráter de urgência contra a indicação de Eduardo Bolsonaro à embaixada do Brasil nos Estados Unidos. A ação foi motivada após dezenas de representações serem protocoladas no órgão questionando a indicação.
O MPF argumentou que a nomeação para o cargo de embaixador deve seguir três critérios: que a pessoa escolhida tenha reconhecido mérito em atividades diplomáticas; que tenha prestados serviços relevantes em diplomacia para o país; e que essas atividades somem, ao menos, três anos de experiências anteriores.
“Não pode ser qualquer mérito ou qualquer serviço a justificar a indicação ao cargo, mas, sim, méritos e serviços relacionados com a função que se irá exercer. Caso contrário, estaria justificada, por exemplo, a indicação de atletas futebolísticos de destaque nacionais ao cargo de embaixadores, ainda que se não tenham nenhuma experiência diplomática”, diz o texto.
Por Correio Brasiliense
Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar