AutoNewsPolítica

Audiência pública dá continuidade ao processo de municipalização do trânsito em Santa Maria da Boa Vista

Encontro ocorreu na Câmara Municipal com grande participação da população boavistana

Cinara Marques/Da Redação

A Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista/PE, no sertão do São Francisco, deu mais um passo importante para a implantação da municipalização do trânsito na cidade. O prefeito Humberto Mendes, PTB, esteve com uma equipe técnica e auxiliares da Prefeitura, nesta quinta-feira, 7, participando de uma audiência pública na Câmara de Vereadores junto com vários setores da sociedade boavistana, iniciando os preparos para a municipalização do trânsito do município.

“Reunimos várias entidades, associação de mototaxistas, CDL, pessoal do transporte alternativo, para discutir junto essas mudanças. E essa audiência pública teve justamente esse objetivo, ouvir essas pessoas. A gente que ouvir as pessoas nesse projeto que vai disciplinar o transito de nosso municio primeiro educar as pessoas, fiscalizar e melhorar a mobilidade em nosso município”, esclareceu o prefeito Humberto Mendes.

O prefeito tem recebido elogios das categorias, por ser esse um assunto que passou por muitas administrações, mas ninguém nunca quis enfrentar. “Temos conversado com essas categorias. Vamos preparar a sociedade e implantar algumas mudanças. Não chegaremos de supetão”,
“Vamos preparar a nossa população primeiro antes de qualquer medida que vir a ser punitiva. Precisamos avançar, outras cidades já vêm realizando essa municipalização, a exemplo de Cabrobó”, assinalou Humberto.

Engenheira de Trânsito, Paulo Lopes, fez a apresentação do projeto de municipalização, junto com o assessor de trânsito e transporte da Prefeitura de Santa Maria da Boa Vista, José Carlos. Segundo Paula, o sensato é que todos tenham consciência que quanto mais organizado o trânsito de uma cidade, melhor a a mobilidades e organização do sistema.

“Tivemos a casa cheia e isso foi bastante positivo. A nossa discussão foi muito bem vista pela população de Santa Maria da Boa Vista. As pessoas têm a consciência que essas mudanças vão servir não só agora, mas para os filhos, netos de cada um. Aqui a gente está preparando a população para dirigir aqui, fazer o mesmo em qualquer lugar do mundo”, contou Paula.
A engenheira citou as mudanças que serão feitas pela Prefeitura para que essa adequação ao Sistema Nacional de Trânsito ocorra com todos os investimentos e mudanças que deverão ser implementados.

“A gente sabe que toda as mudanças gera transtorno, mas quando tudo estiver se organizado, as pessoas vão perceber que essa organização vem para salvar vidas com todos cumprindo o que rege o Código de Trãnsito. A sinalização é precária, estamos aqui para melhorar, ordenando o fluo do trânsito em Santa Maria. Vamos fazer os binários, estacionamentos, uma sinalização horizontal e vertical melhor, tudo adequado á proposta da municipalização do trânsito”, explicou a engenheira.

Para Adriano Medrado, secretário executivo de Trânsito e Transporte, também demonstrou satisfação pelo resultado da audiência pública. “A grande participação da população aqui nos surpreendeu e reforça que estamos no caminho certo, implantado a municipalização do trânsito”, ressaltou o secretário.
A Secretaria de Trânsito e Transporte de Santa Maria da Boa Vista (Transboa) foi criado pela Lei nª 1699 de 28 de novembro de 2018. A finalidade é integrar o município ao Sistema Nacional de Trânsito, atendendo os dispositivos previstos no Código de Transito Brasileiro (CTB). O objetivo da pasta é regulamentar, planejar, organizar e operar ações de melhoria da mobilidades urbana no município.

Estiveram ainda na audiência pública, Sidney Carvalho, secretário de Infraestrutura; os vereadores, Professor Carlos Brandão, Ericales Costa e Edmilson Brito; Tenente Coronel Marcos Fernandes Costa, da 7ª Companhia Independente da Polícia Militar; e Tenente Almeida que representou a 2ª Seção do Corpo de Bombeiros de Petrolina.

Ainda estiveram presentes na audiência pública, a Amota (Associação dos Mototaxistas de Santa Maria da Boa Vista) e representantes do transporte alternativos, vans e ônibus, além do público que fez questão de estar presente e contribuir com o debate.

 

 

 

FOTOS: ASCOM

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar