Notícias

Melhorias na Saúde e na Assistência Social, são reivindicadas pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Petrolina/PE

Por Notícias do Parlamento - Segundo o vereador Gilmar Santos, presidente do Colegiado, é preciso ampliar esses serviços de proteção social na cidade que tem taxa alta de crescimento anual

O vereador Gilmar Santos (PT), presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Vereadores de Petrolina/PE (CDH), apontou em entrevista à imprensa esta semana, sugestões em relação aos serviços de assistência social e de saúde em Petrolina De acordo com o vereador, o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) “não está preparado para atender à população de maneira eficaz”.

“Há a necessidade de ampliação da equipe e da estrutura para compreensão da demanda, além da carência de atenção com a zona rural”, frisou. Outro problema destacado pelo comandante da CDH do poder legislativo municipal, dizem respeito aos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), que precisam de mais unidades para melhor atender à população petrolinense.

Gilmar revelou que existe uma precariedade também dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), que carecem de reformas e aumento da equipe disponível para atendimento. O vereador tinha citado o prédio do Caps AD que havia um ano de concluído e sem estar à serviço da população, mas a unidade foi entregue na última sexta-feira, 13, pelo prefeito Miguel Coelho.

“O que nós temos em Petrolina é uma população de trabalhadores e trabalhadoras que produzem riquezas para a cidade, mas que não tem uma política comprometida com a transformação dessas ações em benefícios sociais para eles. Essas pessoas moram nas periferias e não possuem atenção pública, não têm educação qualificada, pavimentação e saúde. Muito está apenas no campo das promessas.”, constatou o vereador petista que integra a bancada de oposição da Casa Plínio Amorim .

Gilmar Santos concluiu, afirmando que a Comissão de Direitos Humanos da Câmara de Petrolina está disposta a ajudar o prefeito Miguel Coelho e a sua equipe. “Nos colocamos à disposição para ajudar o poder público municipal e atingir os objetivos propostos em suas campanhas eleitorais. Não se pode é ficar só na publicidade, se o que está em jogo não é conseguido, de fato”, alertou o oposicionista.

 

 

Por Juliana Almeida(estagiária)

Sob orientação de Cinara Marques

Redação Portal Tribunna

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar