ColunasNotícias do ParlamentoPolítica

Nos discursos dos vereadores, o reconhecimento da missão nobre dos professores durante entrega de medalha na Câmara de Petrolina/PE

Os parlamentares destacaram a importância da homenagem a ex-vereadora Isabel Cristina que nomeia a Medalha de Honra ao Mérito Educacional, para enaltecer a profissão da qual ela tanto se dedicou em vida.

Durante a sessão solene realizada neste 15 de outubro, na Câmara Municipal de Petrolina/PE, os vereadores enalteceram a missão nobre dos professores em guiar a todos pelo caminho da educação para a formação dos cidadãos e cidadãs. Cada vereador indicou dois docentes para receberem a primeira edição da Medalha de Honra ao Mérito Educacional Professora Isabel Cristina que foi vereadora por dois mandatos, além de vice-prefeita e deputado estadual também em duas oportunidades, e ainda superintendente da Codevasf Petrolina..

Após os pronunciamentos da autora da instituição da comenda, a vereadora Cristina Costa; da presidente da Comissão de Educação, vereadora Mara Elena de Alencar e do presidente da Casa Plínio Amorim, vereador Osório Siqueira que homenageou as professoras Vírgínia Lúcia Nunes e Joelma do Nascimento Rodrigues, foi o vereador líder da bancada da situação, Aero Cruz que registrou primeiro, a defesa marcante de Isabel Cristina pela educação e presenciou bem essa defesa, quando conviveu com a ex-deputada quando exerceu o cargo de vice-prefeita de Petrolina.

Aero explicou ainda  por que escolheu as professoras Maria Laura Falcão e Rosane Costa Santos, para homenagear.

“Passo nesse mandato vários embates, mas passo momentos felizes e um desses registros foi aprovar esse projeto para instituir e homenagear a professora Isabel Cristina. Minha homenageada a professora Maria Laura tem dedicação em exercer a profissão no interior e apesar de já ter sido vereadora, foi como educadora que se realizou. E a professora Rosane que vem fazendo um bom trabalho na educação. São professoras que construíram e trabalharam para nossa educação chegar onde chegou, sendo uma das melhores de Pernambuco. Parabéns a todos os professores”, relatou Aero.

O Pastor Alex de Jesus, que dedicou a Medalha Mérito Educacional às professoras Marias das Dores e Irene Silva. “Falo aqui em nome de minhas homenageadas que os governos olhem com muito carinho pela educação. Quando conversamos com os alunos, ficamo tristes pelas respostas que dão, quando poucos dizem que querem ser professores. Isso nos preocupa, onde 2,4% da juventude dizem querer ser professor que é onde começa tudo”, disse.

O vereador Alvorlande Cruz frisou que os professores são fruto de inspiração. Cumprimentando a mãe da homenageada, Dona Avelina, Alvorlande lembrou que sentou ao lado do que é de melhor na educação como as professoras Socorro Ribeiro, Neuma Guedes e professora Sônia Passos, entre outros..

“Se não fosse a educação, a gente não estaria aqui hoje como estamos. Temos que ser muito grato a esta Casa. Agradeço isso as professoras Terezinha Teixeira e a professora Mundica. Também falar de Isabel Cristina, com quem trabalhei e ajudei a levar para ser a nossa vice do prefeito da educação, Fernando Bezerra. Esse povo é forte, apesar do salário pequeno, mas que a gente tem mais é que prestigiar a educação que transforma, como diria Paulo Freire”, e concluiu Alvorlande Cruz que citou um cordel em homenagem a força do professor em transformar realidades e dedicou a comendas para as Marias e professoras, Fátima e Marlene.

O vereador Cícero Freire também registrou sua homenagem. “Isabel Cristina foi também minha professora e hoje homenageio os que por eles passei como os professores Simão Durando, Meuri Begy, Eutímia e minha mãe, Isabel Cecília de Carvalho que disse a elei que sabendo ler e escrever, ganharia o mundo, e assim eu fiz em todos os países por onde passei”, citou o parlamentar que dedicou a homenagem da data para as professoras Zenilda Brito e Karla Cinara Bezerra.

Para o vereador Gilberto Melo, presente maior para os professores, é sempre dúvidas, uma maior valorização do professor que é o melhor presentes para essa classe tão nobre entre as profissões. “Vocês mereciam ganhar no mínimo igual a um médico”, disse o vereador que dedicou a comeda Mérito Educacional para as docentes, Maria José e Jovelina Joana.

Gilmar Santos, professor e vereador, lembrou que Isabel Cristina, além de ser professora, encampou a luta pela políticas públicas pela educação. “Hoje muita nos agrada receber homenagens, o afago e o afeto, mas queremos também outras coisas que são muitos importantes para gente, como melhores salários e reconhecimento social, além de responsabilidade dos governos para que não cortem os investimentos em educação”, assinalou Gilmar que dedicou a Medalha Professora Isabel Cristina aos professores Diedson Alves da Silva e Magna Feitosa.

O vereador Osinaldo Souza, discursou que o mestre dos mestres, Jesus Cristo, continue protegendo aos que ensinam aos nosso filhos. “É com muita honra que estou aqui nessa homenagem. Quando estive junto com a professora Isabel Cristina, sempre fomos vitoriosos. Dona Avelina, sua filha foi extraordinária. Portanto a todos os professores, em nome da minha homenageada, professora Francisca; em nome do professor Wellington, o homenageado do vereador Elias Jardim, eu cumprimento a todos e desejo muita prosperidade. Continuem ensinando aos nosso alunos, eu seu que o futuro retribuirá”, destacou Osinaldo

Para o vereador Paulo Valgueiro, líder da oposição na Casa Plínio Amorim, frisou que escolher dois professores dos tantos que marcaram a vida escolar, e´tarefa para deixar falar o coração. “Iniciei minha vida escolar aos 3 anos na Fazenda Mororó com Tia Clarinha, tendo que caminhar 5 Km entre as roças até chegar na Escola Capela, até o professor Murilo que até pouco nos orientou na minha última pós graduação”, considerou Paulinho que prestou homenagens Mailde Torres e Fábio Gabriel.

O vereador Gaturiano Cigano, escolheu os professores Benevides e Maria Serafim dos Anjos. “Eu só tenho aqui a agradecer aos meus homenageados. Aprendi, cresci, graças a vocês”, ressaltou.

Na fala do vereador Rodrigo Araújo, o reconhecimento as professora Nazaré e Vera Cezar, das quais foi aluno. “Não deixaria jamais de neste momento, lembras dessas duas professoras que tanto se dedicaram e continuam se dedicando para formar tanta gente. Obrigas professoras”, pontou o vereador.

Ronaldo Souza, vereador primeiro vice-presidente da Casa Plínio Amorim, destacou a importância da história da Isabel Cristina paulista que adotou Petrolina como sua terra natal. Cristina venceu desafios, venceu preconceitos. Mulher negra, se tornou a primeira vereadora negra da Casa Plínio Amorim.

“Foi minha professora na UPE e no Colégio Motiva. Também venho de uma família de quatro irmãos, todos professores com especialização mestres. Um deles, Carlos Alberto, fez vestibular recentemente aos 61 anos para realizar o sonho do meu pai e se tornar médico. Parabéns professores, vocês são o orgulho do nosso País”, contou Cancão que homenageou dois professores da região ribeirinha que são os professores Maria Rozimeire e Ronaldo Antônio dos Santos.

HOMENAGEM A GILMAR SANTOS E CRISTINA COSTA

Colega de parlamento, mas sem esquecer a reverência. Foi assim que o vereador Gabriel Menezes escolheu os companheiros de bancada de oposição, vereadores e professores Cristina Costa e Gilmar Santos. Por ser filho e irmão de professora, conhece bem as agruras da profissão. E explicou por que escolheu os colegas para homenagear neste dia especial para os mestres.

‘Eu usei como critério a alegria, a convivência, a afinidade para esta homenagem e muito me orgulha trazer dois mestres que tão bem representam este parlamento. Feliz dia do professor”, esclareceu Gabriel que ainda citou outros dois colegas que são docentes, os professores José Batista que homenageou os professores, Ivanda e Narielle Teixeira; e Ruy Wanderley que concedeu a nova comenda da Casa aos colegas de profissão, Jeferson Alves e Marizente Moura Alves.

Ainda estiveram na solenidade, mas não fizeram pronunciamentos, os vereadores Elismar Gonçalves que dedicou a Medalha Mérito Educacional Isabel Cristina ás professoras Ana Maria de Sena e Lúcia Moreira (in memorian); Manoel da Acosap que destinou a honraria aos professores Acacio Figueiredo e Karla dos Santos; e Zenildo Nunes, destacando os professores Paulo Alves e Rosângela de Souza, para receberem a Medalha de Honra.

Por Notícias do Parlamento – Redação Cinara Marques

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar