Política

Lula é libertado e fala para a Virgília Lula Livre e militantes em frente à Superintendência da PF em Curitiba/PR

“Eu quero que vocês saibam que o lado mentiroso da Polícia Federal, do Ministério Público, o (Sérgio) Moro, eles têm que saber que não prenderam um homem. Eles tentaram matar uma ideia”, disse Lula agora na frente da Superintendência da Polícia Federal em Curitiba/PR.

“Honestidade não se compra nem na feira nem do bar. Eu fui criado por uma mulher que morreu analfabeta, mas me ensinou o valor da honestidade. Um nordestino que saiu do para São Paulo ao 7 anos de idade, passou fome, e eles sabem que não tem nada que me vença”, continuou.

Lula frisa que depois que foi preso, que “roubaram a eleição do (Fernando) Haddad”, avisaram que não terá aumento do salario minimo pelos próximos dois anos. “Como se ter um ministro da Educação como um Haddad e agora um ministro grosseiro como esse agora. Eu estou agora com as portas do Brasil abertas para mim”, registrou o ex-presidente que aproveitou para apresentar a namorada, a socióloga Rosângela da Silva (Janjan).

“Ela teve coragem de namorar comigo e ainda querer casar”, brincou e beijou a namorada após os gritos de beija.

“Eu saio daqui com o maior sentimento que uma pessoa tem por todos. Muito obrigado pelo grito de Lula Livre”. O ex-presidente agradeceu a cada amigo que

SOLTURA

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva deixou a carceragem da Polícia Federal em Curitiba nesta sexta-feira (8) após ordem do juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal.

Lula ficou preso durante 580 dias e luta para ser inocentado de uma acusação que contesta e que avisou que vai provar ser inocente.

O ex-presidente segue para São Bernardo do Campo, onde fica sua residência.

 

 

 

Por Cinara Marques

Redação Portal Tribunna

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar