ColunasNotícias do ParlamentoPolítica

Vereador Alvorlande Cruz diz que a oposição cobra que seja cumprido o cronograma de execução de obras da LOA, mas vota contra o percentual de remanejamento para o prefeito poder trabalhar; e dispara: “não estou entendendo mais ada”

Fala do vereador da situação foi em resposta ao colega de oposição, vereador Gilmar Santos que chamou a atenção para rubricas menores da LOA de 2019 para a de 2020

Em resposta ao vereador Gilmar Santos, do PT, da bancada da oposição na Câmara de Petrolina/PE que na sessão desta quinta, 31, questionou da bancada do governo, que em algumas rubricas da LOA (Lei Orçamentária Anual), a previsão de 2020 veio menor de que a previsão orçamentária de 2019, o vereador Alvorlande Cruz, que já foi presidente da Comissão de Finanças e Orçamento da Casa explicou que a cobrança está correta por parte do vereador, entretanto, frisa o vereador que integra a situação na Casa Plínio Amorim, os vereadores de oposição cobram, mas votam contra o percentual de remanejamento para o prefeito ter mobilidade de remanejar os recursos de uma rubrica para a outra para cumprir o cronograma de execução das obras previstas na LOA.

Segundo Alvorlande, a oposição tem que cobrar, mas tem também que votar à favor dos recursos para a execução das obras para ditas sociais em favor da sociedade, a exemplo dos calçamentos, construção dos postos de saúde e melhorias das vias públicas em geral, previstas na lei orçamentária.

“Votar contra as obras é votar contra o povo. Aí eu não estou estendendo mais nada”, declarou Alvorlande Cruz.

Confira o vídeo: #canaltribunna

 

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar