Política

Órgãos municipais buscam erradicar trabalho infantil em Petrolina/PE

Para sensibilizar e articular estratégias que garantam os direitos de crianças e adolescentes, a equipe das Ações Estratégicas do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (AEPETI) tem realizado diversas capacitações sobre a identificação e abordagem de crianças e adolescentes em situação de trabalho infantil, em Petrolina, no sertão pernambucano.

As atividades incluem os profissionais da rede socioassistencial do Sistema Único de Assistência Social, além do público atendido pelo Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS) e o AEPETI que participa de palestras motivacionais, com os temas “O poder da superação” e “Máximas para Estudantes de Sucesso” com o objetivo de promover autoestima e superação.

A coordenadora do AEPETI, Sirleide de Souza,  explica a importância do trabalho desenvolvido na busca da erradicação do trabalho infantil.

“O trabalho do AEPETI deve ser feito de forma intersetorial, contando também com a participação da sociedade. Além de capacitações de profissionais e palestras aos assistidos, realizamos diversas ações desde campanhas educativas, realização de busca ativa em pontos já mapeados e conhecidos de trabalho infantil, audiências públicas em parceria com órgãos como o Ministério Público Federal e trabalhamos também com panfletagem e monitoramento nas feiras livres da cidade e encaminhamento de adolescentes para inserção em cursos profissionalizantes e oficinas de aprendizagem”, pontua.

 

 

 

 

Da Redação

Com Ascom

redacaotribunadoestado@gmail.com

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar