Política

Programa Campo Novo chega ao Sertão do Araripe

Distribuição das sementes foi iniciada na quinta, 23, e encerrada nesta sexta, 24, pelo secretário de Desenvolvimento Agrário de PE, Dilson Peixoto e o presidente do IPA, Odacy Amorim

O Governo de Pernambuco entregou, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Agrário (SDA) e Instituto Agronômico de Pernambuco (IPA), sementes de milho e sorgo e raquetes de palma do Programa Campo Novo a agricultores e agricultoras do Sertão do Araripe.

Ao todo, os municípios da região estão recebendo 117,1 toneladas de milho, 32,5 toneladas de sorgo e 500 mil raquetes de palma. Em todo o Sertão do estado estão sendo entregues 445 toneladas de milho, 85 toneladas de sorgo e 2 milhões de raquetes de palma.

A ação, realizada nestas quinta-feira (23) e sexta-feira (24), contemplou os municípios de Santa Filomena, Bodocó, Ouricuri e Santa Cruz. Os demais municípios do Sertão receberão as sementes até o final deste mês.

A distribuição de palma para criadores de gado, caprinos e ovinos é a principal novidade do programa este ano, além da distribuição acontecer ainda no mês de janeiro, quando começa a quadra chuvosa na região.

“O governador Paulo Câmara tem sido um grande parceiro da agricultura familiar, o que permitiu fazer esse esforço para que essas sementes fossem entregues agora no mês de janeiro”, destacou o secretário de Desenvolvimento Agrário, Dilson Peixoto.

Em Santa Filomena, onde foi iniciada a programação, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário lançou o Programa de Multiplicação da Palma, com assinatura de um termo de cooperação técnica com a prefeitura municipal.

Segundo o termo, cada família selecionada como Unidade Familiar de Multiplicação da Palma está recebendo 1.000 raquetes de palma, com o compromisso de devolver, após 12 meses, 500 raquetes para distribuição com novos agricultores.

“O cultivo dessa palma vai ser de extrema importância para a bacia leiteira do Araripe, garantindo alimentação de qualidade para os animais”, ressaltou Dilson Peixoto.

Além do município de Santa Filomena, também foram assinados termos de cooperação técnica com as prefeituras de Ouricuri e Santa Cruz, com a Associação dos Produtores de Leite de Bodocó – Asprobalde e a ONG Caatinga. O programa vai contemplar ainda os municípios de Araripina, Exu, Granito, Ipubi e Moreilândia, que também integram a bacia leiteira do Araripe.

Para o prefeito de Santa Filomena, Cleomatson Vasconcelos, a entrega das sementes e das raquetes vem ao encontro do trabalho de aração das terras realizado pela prefeitura.

“Começamos este ano a fazer a aração das terras dos agricultores, para que estivesse tudo pronto para quando chegassem as chuvas e as sementes. Esse trabalho é um trabalho de parceria, com prefeitura, Governo do Estado, sindicato e agricultores”, afirmou.

Segundo o prefeito de OurIcuri, Ricardo Ramos, o projeto de multiplicação de palmas é uma importante iniciativa para fomentar a pecuária da região.

“Ouricuri vai se transformar numa unidade multiplicadora de palma, que foi praticamente extinta na nossa região, para que cada vez mais agricultores tenham acesso a esse alimento altamente nutritivo para o rebanho e possam manter seus animais nos momentos de falta de chuvas”, reforçou.

PROPRIEDADE LEGAL

Em Ouricuri, além das sementes e da palma do Programa Campo Novo, foram entregues 667 títulos de regularização fundiária do Programa Propriedade Legal, dando continuidade ao processo iniciado pelo governador Paulo Câmara em agosto de 2019, durante o seminário regional do Todos por Pernambuco no Araripe. Ao todo o programa prevê a entrega de 65 mil títulos de regularização de imóveis rurais e urbanos.

 

 

 

 

Portal Tribunna – da redação

Com ASCOM

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar