EleiçõesPolítica

Janela partidária: última semana para filiações e confirmações de candidaturas; em Petrolina, ainda existem muitas interrogações dos rumos políticos na cidade

Até a sexta-feira, 3, pré-candidatos devem confirmar o ingresso nos partidos para disputarem candidaturas a prefeito e vereador.

#TRIBUNNAEleições2020  – Por Cinara Marques

 

E a corrida agora é contra o tempo. Quem quiser disputar a eleição este ano, tem só até sexta-feira, 3, para saber o rumo que vai tomar. Se fica onde está, se troca de partido ou se vai se filiar para concorrer nas eleições deste ano. E ainda, se vai caminhar para uma disputa a prefeito ou buscar vaga na Câmara Municipal.

Uma semana que deve deixar muita gente em Petrolina, maior colégio eleitoral do sertão pernambucano, com os nervos à flor da pele, afinal, tem que fechar as chapas, majoritárias e proporcionais e saber o lado e onde vai buscar a eleição.

Na cidade, existe um clima de expectativa no ar nessa semana decisiva dentro do calendário eleitoral que mesmo com a pandemia do Coronavírus, continua sem alteração.

Entre os nomes de candidatos majoritários, quais serão confirmados? Certo mesmo, só Miguel Coelho, prefeito, candidato a reeleição pelo MDB.

Ainda faltam confirmar se disputam a eleição de fato este ano, os ex-prefeitos Julio Lóssio, PSD, e Odacy Amorim, aliás, Odacy ainda tem uma disputa interna com a vereadora Cristina Costa para saber quem é o nome do PT para a majoritária do partido.

O deputado estadual Lucas Ramos, PSB, que vem construindo seu nome para disputar também a Prefeitura de Petrolina, confirma mesmo essa disposição? O vereador da oposição Gabriel Menezes deve entrar nessa corrida majoritária? E seu rumo partidário, é no PSL mesmo?

Tem ainda a turma combativa do Psol com o médico Marcos Ortopedista que deixou o PT para se posicionar como mais uma alternativa majoritária em Petrolina no campo da esquerda. Aliás, no Psol, a sigla tem alguns outros nomes competitivos que podem se colocar como disputar a prefeito/prefeita ou irem para o caminho da Casa Plínio Amorim, a exemplo do ex-vereador Geraldo da Acerola, também ex-petista; Lucinha Mota que disputou a Assembleia Legislativa em 2018 e teve uma votação de destaque; o sempre candidato, Rosalvo Antônio e ainda a consagrada jogadora campeã de Futsal, Lindu Alves.

Dito os nomes dos prováveis pré-candidatos a prefeito, a ‘engenharia’ agora é para os majoritários arrumarem as chapas de pré-candidatos a vereadores. No Psol, parte dos nomes citados acima, devem concorrer ao legislativo e a sigla, pela primeira vez, tem fortes chances de chegar a ocupar uma cadeira na Câmara de Petrolina.

CHAPÃO DA MORTE

E nos últimos dias, o prefeito Miguel Coelho tem avançado bem no temido ‘chapão da morte’ com sua base de vereadores acomodada na sua trinca partidária: MDB, DEM e Republicanos.

Mas, e seus adversários? Será que Lóssio está conseguindo arrumar a casa do PSD e montar uma chapa competitiva para a Câmara Municipal de Petrolina?

E no PT que ainda está nessa incógnita: Odacy ou Cristina e tendo que arrumar o partido para ir firme e forte para conquistar Prefeitura e ampliar as vagas na Casa Plínio Amorim, numa aliança com o PTC. O tempo urge!

Tem ainda o PSB de Lucas e o PSL de Gabriel, como esses dois pré-candidatos a prefeitos vêm arrumando os nomes para vereador ou vereadora?

Outra interrogação é se o vereador Ruy Wanderley conseguirá o apoio de Miguel Coelho em sua arrumação para disputar a reeleição à Casa Plínio Amorim.

Como já dissemos, o prefeito tem montado um time de candidaturas todas voltadas para o ‘chapão da morte’ e nesse rumo, Ruy não está com muita disposição de compor esse grupo não, até porque, articulista e experiente em formar chapas para a eleição de vereador, Ruy Wanderley não é muito de trocar o certo pelo duvidoso não.

A sua arrumação para a Câmara já está bem encaminhada, voltar atrás é quase impossível e a interrogação nesse caso e se Ruy convence Miguel a apoiar sua estratégia.

Esta é uma semana que promete, com isolamento social e tudo!

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar