Bastidor (Cinara Marques)ColunasPolítica

Vídeo: “Vamos pagar o preço por essa desigualdade social”, disse o médico Drauzio Varella sobre a disseminação do coronavírus no Brasil

Coluna BASTIDOR

Por Cinara Marques

O médico Drauzio Varella que está em quarentena, em casa, conversou essa semana com a reportagem da BBC News e apresentou um quadro preocupante e pessimista no enfrentamento do Brasil à Covid-19, diante da imensa desigualdade social no país que atinge mais de 13 milhões de brasileiros.

Trouxemos essa entrevista para destacar aqui em BASTIDOR, pois acredito que o que ele trata, acende uma alerta ainda maior diante do ataque feroz desse ‘vírus da morte’ que atinge todas as classes e de forma rápida. E que a importância do isolamento social, o #fiqueemcasa, é no momento, a forma mais adequada e eficaz de prevenção do coronavírus.

Ao mesmo tempo, Drauzio Varela apresenta um quadro preocupante nesta questão do isolamento social dentro das camadas mais pobres, lugar de gente que mora num cômoda com sete, oito pessoas, muitas vezes, com muitas crianças, e com ausência frequente de condições sanitárias dignas.

A questão social, de gente que mora em condições precárias, onde falta tudo, água e saneamento para manter a higiene para que se afaste a doença, tem tomado a maior parte das preocupações do médico que só reforça o quadro nada animador que ele revela nesta bate-papo que reproduzimos na nossa coluna.

Drauzio frisa ao ser questionado, que não existe essa tese em lugar nenhum onde o isolamento vertical deu certo, liberando crianças e jovens para irem para a rua, onde podem pegar o vírus e levarem pra casa, geralmente famílias com muitos integrantes.

“É realmente um quadro devastador e que a saída será trabalhar duro para evitar essa tragédia anunciada.”Vamos pagar o preço por essa desigualdade social. A transmissão da doença é muito rápida e acho que vamos ter uma tragédia nacional. Vai morrer muita gente”, relatou o médico que pediu desculpas por no início do aparecimento do novo coronavírus, no final de dezembro do ano passado, na China, ter relativado a doença.

Ele ainda recomenda o uso de máscaras para todos e alerta que esse equipamento deve ser ainda mais necessário para as crianças.

Dr. Drauzio também fala sobre o projeto do Banco Itaú que integra orçado em mais de R$ 1 bilhão, para atender profissionais de saúde e a população como um todo, na proteção e prevenção da Covid-19.

Ressaltando que nesta sexta-feira, 24, o Brasil passou dos 52 mil infectados e atingiu 3670 óbitos. São mais de 21 mil casos em acompanhamento e outros 27655 curados clinicamente.

Veja a entrevista:

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar