Política

Sindsemp solicita gratificações para os servidores que estão no enfrentamento ao coronavírus em Petrolina-PE

#TRIBUNNAPandemiaCovid19

Durante dois meses, de março até agora, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Petrolina, no sertão pernambucano, através dos seus diretores, realizou visitas a várias unidades de saúde, na sede e no interior.

Nesse período, viu de perto os riscos que esses profissionais da saúde, assim como os de assistência social e todo o grupo da segurança pública, estão correndo no enfrentamento à pandemia pelo novo coronavírus.

A partir das conversas com os servidores e servidoras, o Sindicato elaborou um ofício que foi protocolado na Secretaria Municipal de Saúde e no Gabinete do Prefeito Miguel Coelho, nessa quarta-feira (20). O documento é uma pauta de pedidos de incentivo financeiro às categorias que fazem parte dos serviços essenciais, e estão na linha de frente do combate a Covid-19.

“Estamos lutando pelo bem estar dos servidores e servidoras. Todos os dias eles deixam suas famílias para cuidar das famílias petrolinenses que estão sendo atacadas pelo coronavírus. Ouvindo as demandas e percebendo a potencialidade da doença, arriscando suas vidas e se dedicando incansavelmente nessa frente de batalha, nós compartilhamos desse compromisso, e estamos buscando junto ao Poder Executivo estimular essas categorias nesse momento que é tão crítico.” Justificou o presidente do Sindsemp, Waber Lins.

O Sindsemp solicita ao Poder Executivo:

– Instituição o grau máximo de 40% de insalubridade sobre o valor da remuneração.
– Gratificação extraordinária para todos os profissionais dos serviços essenciais atuantes no período de enfrentamento ao Covid-19, equivalente a 1.045 reais mensais pelos meses de pandemia.
– Instiuir a testagem rápida a todos os profissionais que estão na linha de frente do covid-19.
– Disponibilizar EPI’s essenciais para o atendimento aos pacientes suspeitos de coronavírus, na Unidades de Saúde, Samu e Hospital Universitário.

 

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar