Bastidor (Cinara Marques)ColunasPolítica

Escândalos, prefeitos e polícia na Operação RipStop

Coluna BASTIDOR por Cinara Marques

Operação RipStop. Uma blitz do Draco (Departamento de Repressão à Corrupção e ao Crime Organizado). E muitas prefeituras pernambucanas na mira, como a de Petrolina, maior cidade do sertão pernambucano. O escândalo aponta fraudes de mais de R$ 132 milhões.

A investigação quer saber de uma organização que teria embolsado R$ 132 milhões de dinheiro público a partir das fraudes em licitações de diversas prefeituras no interior e na Região Metropolitana do Recife (RMR), órgãos do Governo do Estado, Câmara Municipal do Recife e Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe).

A Polícia Civil de PE descobriu que o esquema era feito por cinco empresas, quatro delas de fachada, todas pertencentes ao mesmo grupo de empresários. Foram cumpridos 17 mandados.

Também foram emitidos três mandados para pessoas físicas e jurídicas impedindo participar de licitações. Dois mandados de suspensão de exercício da gestão pública foram emitidos para funcionários da prefeitura de Petrolina.

A Prefeitura de Petrolina afirmou que está analisando a coletiva e assim que se inteirar do conteúdo relatado pela Polícia Civil, vai se pronunciar. Aguardemos. As cidades do Recife, Olinda e Paulista também foram citadas pela Polícia Civil, sem detalhar quais licitações específicas teriam sido alvos do esquema criminoso.

Na terça, em decorrência da operação da PF envolvendo a AJS, o Recife divulgou nota afirmando que as compras “foram realizadas cumprindo todas as exigências da Lei 13.979/2020”. A legislação citada trata das compras no período do estado de calamidade pública em Pernambuco, decretado por conta da pandemia de Covid-19. A gestão do prefeito Geraldo Júlio (PSB) afirma que os processos das compras junto à AJS foram enviados ao “Tribunal de Contas, Ministério Público Federal e, por solicitação, à Polícia Civil”.

BOLSONARO AMEAÇA DE NOVO

‘Está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar’, diz Bolsonaro após decisões do Supremo manter as investigações sobre ação das fake news.

“Eu não vou ser o primeiro a chutar o pau da barraca. Eles estão abusando. Isso está [a] olhos vistos. O ocorrido no dia de ontem [terça, 16], no dia de hoje [quarta, 17], quebrando sigilo de parlamentares, não tem história nenhuma visto numa democracia por mais frágil que ela seja. Então, está chegando a hora de tudo ser colocado no devido lugar”, afirmou o presidente no jardim do Palácio da Alvorada, onde reuniu apoiadores.

Ameaçar sempre as instituições e questionar as investigações dos mal feitos dele e seus seguidores, essa é a rotina de Bolsonaro desde sua posse.

JORNALISMO VERDADE DE FATO

A repórter Kelly Borges levou o “jornalismo verdade” a um novo patamar na edição da última terça-feira (16) do programa Balanço Geral Joinville, da Rede Record. Para demonstrar como funcionava o teste rápido para detecção da Covid-19, a moça fez o exame ao vivo durante o jornal e testou positivo para a doença. Isso é que é jornalismo verdade de fato!

WEINTRAUB E FAKE NEWS

O quase ex-ministro da Educação, Abranham Weintraub, vai continuar sendo investigado no inquérito das Fake News que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF). Foi 9 x 1. E por 8 x 0, o processo continua pelo bem geral da nação. As decisões ocorreram no pleno do STF desta quarta, 17.

SERENIDADE, DEFESA DE MÍDIA E DA LIBERDADE DE EXPRESSÃO

Fábio Faria fez um discurso politicamente correto na sua posse como Ministro das Comunicações do Governo Bolsonaro, ocorrida nesta quarta, 17. Defendeu o papel da mídia num momento em que se combate um inimigo invisível e a importância da liberdade de expressão para informar e combater uma crise sanitária com a arma da informação. O deputado federal do RN está no quarto mandato e fez um discurso sereno. É a aposta do Centrão para amenizar o clima ruim entre o Governo Bolsonaro e grande parte da mídia e que cai no momento ruim de uma pandemia e da confusão diária que vem sendo provocada pelo presidente ‘Capitão’.

BODÓDROMO OBRAS

Agora parece que a requalificação de fato do Bodódromo, vai ser feita pela Prefeitura de Petrolina. O espaço é um dos pontos turísticos da cidade, mas que está bem desgastado há anos. Além de ser ponto de parada obrigatória para quem visita Petrolina, o Bodódromo também costuma ser um dos locais favoritos para um almoço em família ou a negócios. Portanto, a sua reforma é aguardada por muita gente. Segundo a Prefeitura, após a conclusão da primeira etapa, a recuperação do espaço terá continuidade. O novo investimento no local chega a quase R$ 1,7 milhão e as obras no entorno já iniciaram.

Nesta segunda etapa, está prevista a implantação do pórtico de entrada, com a instalação de letreiro indicativo e revitalização do canteiro central de acesso. Na parte externa, margeando a Avenida São Francisco, será construído um ‘Food Park’ com a edificação de quiosques. Outra melhoria será a construção de um espaço coberto para exposição do artesanato local. Ainda no espaço interno, será implantado um bicicletário.

A previsão desta segunda etapa é de até sete meses. A obra é uma parceria entre a Prefeitura de Petrolina, com execução da Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra), e o Ministério do Desenvolvimento Regional, por meio da Codevasf.

Na primeira etapa, concluída no fim de abril, o Bodódromo ganhou troca de piso, ampliação do estacionamento, arborização, sinalização e novas calçadas com piso tátil, que facilita a mobilidade de quem possui deficiência visual.

Agora é aguardar a conclusão dos serviços.

DESTAQUE DO DIA – JÂNIO ‘TANTAN’

A fuga do médico Jânio Modesto que sem alta, deixou o Hospital Unimed onde estava sendo tratado da Covid-19.

Será que esse profissional de saúde mediu as consequências desse seu ato? É tantan mesmo visse” E não adianta gravar vídeo para se explicar não.

Ainda mais dizendo que teria alta quando o próprio hospital nega. Que o médico recupere sua saúde e seu juízo

Jânio ficou quase 15 dias na UTI, entubado, saiu esta semana dessa situação e quando estava se recuperando, foge!!!! Tá puxado entender essa insanidade. Lembrando que foi esse médico que fez defesa de uso da cloroquina para curar a Covid-19, mesmo que cientificamente nunca houve essa definição..

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar