Bastidor (Cinara Marques)ColunasPolítica

Prefeitura de Petrolina x MPPE x Governo de PE: a semana foi complicada nesse tempo de pandemia na ‘capital da irrigação’

BASTIDOR por Cinara Marques

Medidas precipitadas? Ruído na comunicação? Acertos desencontrados? Pode ter sido tudo isso e ainda a ânsia do prefeito Miguel Coelho, MDB, em dar uma resposta para o setor econômico de Petrolina, maior cidade do sertão de Pernambuco, quando se antecipou ao decreto do governador Paulo Câmara, PSB, para a implantação de um Plano de Convivência com a Covid, nome batizado pela estrutura governamental do estado para planejar de forma gradual, a retomada das atividades econômicas em Pernambuco.

O Plano de Retomada das Atividades Econômicas de Petrolina começou no dia 1º de junho.  Segundo o prefeito, o governador foi informado dessa abertura gradativa nesta que é a maior cidade do sertão pernambucano. Ele disse ainda que reuniu autoridades e profissionais da saúde para explicar as ações e que teria também dado conhecimento ao Ministério Público.

Tudo explicado e dito pelo prefeito no dia de anunciar as novas medidas de flexibilização do isolamento social. Ai que está o ruído na comunicação: como Miguel Coelho informou as condições de reabertura da economia em Petrolina, de forma gradativa, aos promotores se dias depois, cerca de uma semana mais ou menos, o próprio Ministério Público de Pernambuco entrou com uma ação contra a gestão petrolinense, listando vários pontos de irregularidades do plano informado ao mesmo MPPE, pelo prefeito da cidade?

O certo é que a ação orientava que Miguel Coelho seguisse a partir de então, o plano do governo estadual para retorno das atividades econômicas em todo o estado, de forma gradual, distribuído para ser implementado em 11 semanas, observando a condução dos municípios no atendimento e prevenção à Covid-19. A decisão da justiça, favorável ao MPPE, saiu somente após quase 15 dias depois do plano do prefeito em atividade.

Foi na quinta, 18. E aí, Shopping e lojas acima de 200 metros quadrados, tiveram que suspender o atendimento. Lojas menores do comércio e as atividades que não fecharam na pandemia, por serem consideradas essenciais, como supermercados e farmácias, permaneceram funcionando.

Mas, amanhã, segunda, dia 22, os empreendimentos maiores já poderão reabrir, conforme o decreto do governo estadual que somente nesta etapa, autorizaria a volta das atividades dos estabelecimentos comerciais de maior porte.

Vamos aguardar então que esse ruido não ocorra mais, mas vale lembrar que Petrolina continua com casos de contaminação em evolução. Até este sábado eram 556 e 19 mortes; e o que é pior, com leitos de UTI quase que todos ocupados, assim apontam levantamentos em que o PORTAL TRIBUNNA teve acesso. A atenção então tem que ser ainda maior pela gestão petrolinense.

Prefeito Paulo Bomfim e Secretária Fabíola Ribeiro (saúde) (Foto-Ivan Cruz-Ascom)

JUAZEIRO/BA

A cidade-irmã de Petrolina, Juazeiro da Bahia, vai voltar atrás na flexibilização, fechando o comércio e  determinando a volta do toque de recolher entre 22h e 5h, a partir desta segunda, 22 até o dia 30 de junho. Medidas anunciadas pelo prefeito Paulo Bomfim, PT, justamente pela questão delicada dos leitos insuficientes de UTI e também devido a um aumento de casos que preocuparam as autoridades sanitárias e de saúde do município.

Em acordo com o governo baiano, o gestor resolveu adotar novamente medidas restritivas em Juazeiro. Bomfim anunciou a vota das restrições na manhã deste sábado, 20, ao lado da secretária municipal de Saúde, Fabíola Ribeiro.

“Estas decisões vieram em conjunto e embasadas por dados científicos, alinhadas ao acompanhamento técnico diário do Comitê Municipal de Enfrentamento que acompanha a situação desde o início da pandemia”, declarou o prefeito baiano em coletiva de imprensa..

Pode ser um sinal amarelo para Petrolina, esse recuo em Juazeiro. A observação em Petrolina, para não perder o controle da situação, deve ser reforçada e que as testagens rápidas, deverão ser ampliadas, levando a gestão da crise sanitária da pandemia do novo coronavírus no município, a avaliar se as medidas vêm sendo seguidas à risca por comerciantes, demais setores produtivos da cidade e pela população de uma maneira geral.

Essa união em fazer o que deve ser feito em matéria de cuidado em Petrolina nessa guerra contra a Covid-19, é essencial para que a situação não se torne insustentável.

DESTAQUE DA SEMANA 1

CARTEIRA DE TRABALHO RASGADA NOVAMENTE/PT TENTOU EVITAR

A Câmara dos Deputados concluiu na noite de quarta-feira (17) a apreciação da MP 927/20, que flexibiliza e retira direitos trabalhistas durante a pandemia. A Bancada do PT lutou incansavelmente para impedir a aprovação da matéria que traz enormes retrocessos para a classe trabalhadora.

O Coordenador do Núcleo do Trabalho da Bancada do PT, deputado Rogério Correia (PT-MG), lamentou a aprovação da matéria que ele chama de “saco de maldades”. “Isso vem demonstrar que o pacto das elites em torno de um projeto ultraliberal no Brasil está ainda em andamento. Um projeto conservador que fortalece o lucro, retira direitos e não gera empregos”, protestou.

Na avaliação do deputado Rogério Correia, o texto aprovado na forma do projeto de conversão do deputado Celso Maldaner (MDB-SC), que agora será apreciado pelo Senado, vai escravizar o trabalhador e fazer com que ele trabalhe em feriado, sim, e nas férias. “É evidente que, se o trabalhador não fizer isso, será demitido”, criticou.

LUTO

Mais de 1 milhão de contaminações por coronavírus, mais de 50 mil mortes, mais de 60% dos óbitos são de pessoas pretas, pardas e de periferia em São Paulo, que concentra maior número de casos e óbitos. A gente observa que são quase dois meses sem um ministro da Saúde no Brasil, em plena pandemia e NENHUMA instituição força esse essa pessoa que foi eleita para governador e para nomear essa pessoas. E diga-se de passagem, deve-se proteger quem for nomeado ou nomeada, para que tenha autonomia nas decisões sanitárias, seguindo a ciência e as autoridades da Organização Mundial da Saúde – OMS – O Brasil pede SOCORRO!!!!! Nosso mais profundo respeito às famílias que perderam seus entes queridos para essa vírus, Meu repúdio a essa falta de noção do governante brasileiro. E toda a minha força para os que estão internados e continuam lutando pela VIDA!

DESTAQUE DA SEMANA 2

FOTO: Carta Capital-internet

#desabafaqueiroz

A nova hastag do momentos é #desabafaqueiroz. Com a prisão do amigo de longas do Clã Bolsonaro, o ex-policial Fabrício Queiroz, a expectativa agora é pelo depoimento do homem apontado pelas investigações das polícias civil do Rio de Janeiro e Federal, como o operador do crime da ‘rachadinha’ quando um servidor recebe o salário e devolve parte para o parlamentar ao qual está vinculado, nesse caso, o atual senador Flávio Bolsonaro, um dos ZEROS do ‘capitão’ Jair Bolsonaro. E Queiroz estava escondido na casa do advogado do presidente Bolsonaro e do ‘nobre’ senador e que em setembro passado, em uma entrevista a Globo News, o mesmo advogado revelou que não tinha a menor ideia e nem quem era Fabrício Queiroz. Oi???? #desabafaqueiroz

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar