Política

Vereador Gilmar Santos entrevista o ex-vereador e senador Eduardo Suplicy no Programa ‘Chame Gente’ desta segunda-feira, 15

A live acontece a partir das 19h e pode ser conferida nas contas do Mandato Coletivo do instagram, facebook ou youtube

Defensor da renda mínima há mais de 30 anos, o convidado do ‘Chame Gente’ desta segunda-feira (15), é o economista, ex-senador e vereador em Sao Paulo, Eduardo Suplicy (PT) que vai bater um papo sobre Desigualdades sociais e a urgência da renda básica de Cidadania, com o vereador Gilmar Santos (PT), que apresenta o programa. A transmissão ao vivo será feita através das redes sociais do Mandato Coletivo a partir das 19h.

O agravamento da crise econômica mundial, causado principalmente pela pandemia do Novo Coronavírus, reacendeu um debate importante no mundo: a necessidade de uma renda básica emergencial para as populações das camadas mais baixas da sociedade.

Adotada em alguns países, a exemplo do Brasil – que  instituiu o pagamento, de uma renda mensal emergencial de 600 reais a trabalhadores informais e de 1.200 reais para mães responsáveis pelo sustento da família, a renda básica é uma das bandeiras de luta da história política de Suplicy. A medida emergencial é o caminho que a maioria dos países do mundo vêm seguindo para enfrentar a crise.

Porém, ao contrário do que está sendo colocado em prática com o auxílio emergencial, o petista defende que todos os brasileiros, sem exceção, tenham acesso a uma renda básica. “Será a maneira de assegurar liberdade e liberdade real para todas as pessoas”, argumentou o vereador em entrevista concedida à Carta Capital em março deste ano.

Quando ainda era Senador da República, ele foi propositor de um projeto de renda mínima no Congresso Federal. O projeto foi aprovado, mas o executivo nunca o colocou em prática. Para levar a ideia a outros lugares do mundo, o economista já percorreu diversos países e chegou a publicar três livros sobre o tema.

O Chame Gente desta segunda vai focar nestas discussões e através dos comentários dos internautas abrirá espaços para dúvidas e sugestões que contribuam para o debate.

PROGRAMA

Coordenado pela equipe de Comunicação do Mandato Coletivo, o Chame Gente já recebeu mais de 50 convidados e convidadas desde o início do isolamento social, causado pela pandemia do Novo Coronavírus. O programa desta segunda marca a edição de número 34.

Com Ascom

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar