ColunasNotícias do ParlamentoPolítica

Deputado Lucas Ramos se despede de presidência da Comissão de Finanças da Alepe

“Nessa missão, eu me sinto como um representante do Poder Legislativo dentro do Governo Estadual”, destacou o presidente do colegiado. Foto: Roberta Guimarães

Com Imprensa Alepe – O presidente da Comissão de Finanças da Alepe, deputado Lucas Ramos (PSB), informou, nesta quarta (29), que deixará o colegiado e se licenciará do mandato legislativo para assumir a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação do Governo do Estado. O anúncio foi feito durante reunião virtual, realizada pela manhã, e motivou diversas homenagens e elogios dos deputados a Ramos, que ocupava a Presidência do grupo parlamentar desde fevereiro de 2019.

“Há muita coisa que poderemos trabalhar na Secretaria de Ciência e Tecnologia em conjunto com a Alepe. Nessa missão, eu me sinto como um representante do Poder Legislativo dentro do Governo Estadual”, declarou o socialista, ao falar sobre sua ida para o Poder Executivo. Ele disse que solicitará o afastamento do mandato para assumir a pasta nesta quinta (30), conforme prevê o Inciso I do Artigo 11 da Constituição do Estado. “Na próxima reunião, a Comissão de Finanças já deverá ter um novo presidente”, observou.

Para o deputado José Queiroz (PDT), a ida de Lucas Ramos para o Poder Executivo representa “uma perda para a Alepe”. Tanto o pedetista quanto João Paulo (PCdoB) elencaram inovações promovidas pelo socialista na gestão do colegiado de Finanças, principalmente com relação à definição do Orçamento Estadual e das emendas parlamentares.

RECONHECIMENTO

“A secretaria precisa de uma pessoa antenada com as novas tecnologias, como é o caso de Lucas”, complementou João Paulo. Foto: Roberta Guimarães

Para João Paulo, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação precisa de “uma pessoa antenada com as novas tecnologias, como é o caso de Lucas”. O comunista ainda frisou que seu partido tinha manifestado apoio à intenção de Lucas Ramos em se candidatar à Prefeitura de Petrolina. “Eu seria perfeitamente contemplado pela candidatura dele, mas sei que é preciso fazer acomodações políticas”, disse.

O líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB), comentou que “Lucas Ramos demonstrou competência na Comissão de Finanças e agora poderá atuar numa secretaria que tem importância estratégica”.

O parlamentar informou, ainda, que o atual secretário, Aluísio Lessa (PSB), voltará a exercer seu mandato como deputado estadual.

ATUAÇÃO

Para o deputado José Queiroz (PDT), a ida de Lucas Ramos para o Poder Executivo representa “uma perda para a Alepe”. Tanto o pedetista quanto João Paulo (PCdoB) elencaram inovações promovidas pelo socialista na gestão do colegiado de Finanças, principalmente com relação à definição do Orçamento Estadual e das emendas parlamentares.

Para João Paulo, a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação precisa de “uma pessoa antenada com as novas tecnologias, como é o caso de Lucas”. O comunista ainda frisou que seu partido tinha manifestado apoio à intenção de Lucas Ramos em se candidatar à Prefeitura de Petrolina. “Eu seria perfeitamente contemplado pela candidatura dele, mas sei que é preciso fazer acomodações políticas”, disse.

O líder do Governo, Isaltino Nascimento (PSB), comentou que “Lucas Ramos demonstrou competência na Comissão de Finanças e agora poderá atuar numa secretaria que tem importância estratégica”. O parlamentar informou, ainda, que o atual secretário, Aluísio Lessa (PSB), voltará a exercer seu mandato como deputado estadual.

Na reunião, foram aprovados dois projetos de lei para aumentar a transparência de gastos e de serviços públicos estaduais. As matérias também foram acatadas nesta manhã pela Comissão de Administração Pública.

 

 

 

 

Portal Tribunna

Tags

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar