Notícias

Vereador Alvorlande diz: “Ou a oposição muda esse pensamento miúdo ou vai beber água, porque o povo de Petrolina pensa grande”

Relator da Comissão de Finanças da Câmara, Alvorlande disse que se o poder executivo não socorresse as empresas, quem pagaria essa conta seria o povo que depende do transporte coletivo.

O vereador Alvorlande Cruz, Republicanos, que integra a bancada do governo e é relator da Comissão de Finanças da Câmara Municipal de Petrolina/PE, criticou na sessão desta terça, 15, os vereadores da oposição: Gabriel Menezes, PSL, Paulo Valgueiro, MDB e os petistas, Gilmar Santos e Cristina Costa, que votaram contra o Projeto de Lei do Executivo nº 021/2020 que criou um socorro emergencial para as empresas de transporte coletivo da cidade.

Segundo ele, os oposicionistas fizeram um “carnaval político partidário contra o PL”. Alvorlande disse que é melhor dispor de um socorro financeiro para o transporte coletivo do que aumentar o valor da passagem de ônibus que hoje é R$ 3,50 para R$ 5, 50, segundo estudos do setor, tendo em vista que a empresa que opera na cidade, transportava em torno de 800 mil pessoas mensal, o que gerava seu equilíbrio financeiro.

Mas, por conta da pandemia que atingiu a todos mundialmente, em Petrolina, a empresa só estava transportando 250 mil passageiros e continuava com as despesas fixas. Ele explica ainda que o governo antecipou esse socorro financeiro que foi aprovado pelo governo federal, para evitar que as empresas fechassem, demitissem ou aumentassem as passagens.

Para Alvorlande Cruz, o prefeito Miguel Coelho “foi visionário, pensou grande e encaminhou esse projeto à Câmara para evitar que os usuários do João de Deus, dos residenciais, do São Gonçalo, do José e Maria, dos bairros periféricos, pagassem a conta ou ficassem sem o transporte coletivo que é de extrema necessidade para essa população, porque as empresas parariam”, declarou.

Segundo Alvorlande, os colegas da oposição, Gabriel Menezes, Paulo Valgueiro, Gilmar e Cristina, “não podem fazer política de forma miúda, só porque estão na oposição”. Eles têm que entender que “somos empregados do povo e temos, independentes de partido ou lado que estejamos, temos que votar projetos que são e interesse da sociedade”, avaliou o vereador Alvorlande Cruz.

Alvorlande ainda aconselhou os oposicionistas que “deixem esse pensamento pacato, arcaico, retrógrado para trás. Estamos em pleno século 21. Temos que atender o transporte coletivo, a categoria dos mototáxis, atender os segmentos dos restaurantes, da cultura, dos artistas, dos empreendedores de setor de academias de ginástica e todos os segmentos geradores de emprego e renda. Todo projeto que vier com esse interesse, temos que aprovar. Por isso que o prefeito Miguel Coelho tem 80% de aprovação. Não podemos esquecer que estamos combatendo o mal do século que é a Covid-19. Não esqueçamos que Petrolina é a cidade da prosperidade”, finalizou o vereador Alvorlande Cruz.

Confira o vídeo com o vereador falando sobre a votação polêmica e o seu novo embate com a oposição; Repercutimos do Canal Tribunna, a tv do PORTAL TRIBUNNA no youtube. Se puder, se inscrevam também em nosso canal:

 

 

 

Portal Tribunna

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fechar